Único no Brasil, F​estival Internacional Cinema e Transcendência tem programação ampliada

    0
    3437

    Por Redação e Assessorias
    Foto Divulgação

    Depois de um ano ausente do calendário cultural brasileiro, o F​estival Internacional Cinema e Transcendência​, único em seu perfil no País, chega à quarta edição. Tendo a arte cinematográfica como mediadora entre o sentido estético e a experiência de autoconhecimento, o evento exibe filmes com proposta imersiva, propõe debates e conversas, oferece oficinas e convida a atividades como aulas práticas de tai-chi-chuan. Toda esta verdadeira festa do pensamento, dos sentidos e da ação vai acontecer de 19 a 30 de dezembro, no Centro Cultural Banco do Brasil.

    O F​estival Internacional Cinema e Transcendência tem por conceito curatorial apostar na união entre cinema, tecnologia e percepção sensorial. As produções exibidas fogem aos temas do cinema convencional e apresentam olhares diferenciados sobre a realidade, a espiritualidade, a arte e o pensamento contemporâneo. Em 2017, serão exibidos 16 filmes, entre longas, médias e curtas-metragens, produzidos em países tão diversos quanto Emirados Árabes, Burkina Faso, Inglaterra e Brasil. No total, serão 24 sessões em dez dias de festival.

    Sob a curadoria do cineasta e músico André Luiz Oliveira (de Meteorango Kid, Louco por Cinema e Sagrado Segredo) e de Carina Bini (produtora cultural), serão exibidos filmes que oferecem oportunidades de transformação pessoal. “No momento em que o planeta e seus habitantes expressam um medo generalizado, uma agonia física e metafísica, individual e coletiva, acusados nos sintomas de ódio e polarizações radicais, o IV F​estival Internacional Cinema e Transcendência traz momentos de esperança e construção de novas perspectivas de vida, regidas pelo amor e tolerância”, afirma o curador. E destaca: “Este ano, o Festival amplia o seu espectro ao trazer outros países, outras cinematografias, outras culturas e caminhos de conhecimento, aproximando o espectador de verdadeiras experiências de autotransformação e resistência”.

    A programação inclui obras surpreendentes, como o recentíssimo Poesia sem Fim, do chileno Alejandro Jodorowsky, que apresenta um passeio autobiográfico por suas memórias, constelando no filme – como mestre que é – a sua própria família; No Olho da Espiral, de Raynald Leconte e Eve Blouin, sobre a reconstrução do Haiti, premiado comoMelhor Documentário Especial do BAFF (Big Apple Film Festival) em Nova York; e Sombras do Paraíso, de Sebastian Lange, que apresenta as transformações vividas pelo Movimento de Meditação Transcendental, a partir de alguns de seus mais consagrados seguidores, como o cineasta David Lynch. E chega a títulos memoráveis como o raro e imperdível Encontro com Homens Notáveis), obra-prima do mestre dos palcos Peter Brook, numa adaptação para o cinema do livro autobiográfico do mestre do quarto caminho G.I. Gurdjieff.

    Além da programação cinematográfica, o festival traz atividades de formação que incluem oficinas e debates e programação com atividades voltadas para o público infantil e suas famílias. Um espaço para acolhê-los foi especialmente montado no Pavilhão de Vidro do Centro Cultural Banco do Brasil em Brasília. Lá, será instalado oMundo Bambu, com programa para todas as idades.

    Serão realizadas ainda duas apresentações musicais durante o Festival, uma no dia da abertura, 19/12, e outra no encerramento do evento, no dia 30/12/17. E haverá também o debate “A Transcendência do fazer artístico”, marcado dia 27 de dezembro às 19h30.

    ​Programação:
    ​- ​Terça, 19 de dezembro
    19h – Show de abertura
    19h40 – Filme de abertura: Sombras do Paraíso (87min) – Livre

    ​- ​Quarta, 20 de dezembro
    17h30 – Rogério Duarte, o Tropikaoslista (87min) – 14 anos
    19h30 – Poesia Sem Fim (128min) – 16 anos

    ​- ​Quinta, 21 de dezembro
    15h30 – Retratos da Alma (20min) + Xapiri (54min) – Sessão acessibilidade/legenda LSE – 12 anos
    17h30 – Encontro com Homens Notáveis (108min) – Livre
    19h30 – Encontrando Joe (80min) – Livre

    ​- ​Sexta, 22 de dezembro
    15h30 – Retratos da Alma (20min) + Atlântico Negro (54min) – Livre
    17h30 – Twaaga (30min) + No Olho da Espiral (55min) – 12 anos
    19h30 – Planta Madre (85min) – 14 anos

    ​- ​Sábado, 23 de dezembro
    15h30 – Ícaros, a Vision (91min) – 14 anos
    17h30 – Malala (88min) – 14 anos
    19h30 – Sombras do Paraíso (87min) – Livre

    ​- ​26 de dezembro
    17h30 – Twaaga (30min) + No Olho da Espiral (55min) – 12 anos
    19h30 – Hairat (6’39min) + Louco Sábio (82min) – 14 anos

    ​- ​27 de dezembro
    15h30 – Retratos da Alma (20min) + Xapiri (54min) – Sessão acessibilidade/legenda LSE – 12 anos
    17h30 – Rogério Duarte, o Tropikaoslista (87min) – 14 anos
    19h30 – Debate: “A Transcendência do fazer artístico” – Livre

    ​- ​28 de dezembro
    15h – Encontro com homens notáveis (108min) – Livre
    17h30 – Malala (88min) – 14 anos
    19h30 – Ícaros, a Vision (91min) – 14 anos

    ​- ​29 de dezembro
    15h30 – Encontrando Joe (80min) – Livre
    17h30 – Poesia Sem Fim (128min) – 16 anos
    20h – Retratos da Alma (20min) + Atlântico Negro (54min) – Livre

    ​- ​30 de dezembro
    17h30 – Planta Madre (85min) – 14 anos
    19h30 – Hairat (6’39min) + Louco Sábio (82min) – 14 anos

    ​Dica:
    IV​ ​F​estival Internacional Cinema e Transcendência
    ​De ​19 a 30 de dezembro
    Local: Centro Cultural Banco do Brasil Brasília – Cinema e Pavilhão de Vidro
    Ingressos cinema: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
    ​Entrada franca ​no Mundo Bambu
    ​Mais informações: 3108.7600

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here