Dicas da Capital -
27 de Junho de 2017


Pampulha é Patrimônio Mundial
18 de Julho de 2016

Turismo
Por: Assessoria de Comunicação Ministério da Cultura
Fotos de: Divulgação

Conjunto Moderno da Pampulha conquistou o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, durante a 40ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, realizada entre os dias 15 e 17 de junho, no Centro de Convenções de Istambul, na Turquia. A indicação da Pampulha foi ratificada pelos 21 países integrantes do Comitê.
 
Encomenda do então prefeito de Belo Horizonte Juscelino Kubitschek ao arquiteto Oscar Niemeyer, o conjunto modernista reuniu outros dois gênios das artes brasileiras: Roberto Burle Marx, que assina o paisagismo, e Cândido Portinari, autor do painel externo de azulejos da Igreja de São Francisco de Assis, que é um dos principais cartões-postais de Minas Gerais. Também participaram do projeto original o engenheiro Joaquim Cardozo e os artistas Paulo Werneck, Alfredo Ceschiatti, August Zamoyski e José Pedrosa.  Construído nos primeiros anos da década de 40, o Conjunto antecipa conceitos arquitetônicos que viriam a ser aplicados anos mais tarde na construção de Brasília.
 
Compõem o Conjunto Moderno da Pampulha a paisagem que se forma com a integração entre a Lagoa da Pampulha e sua orla, os jardins de Burle Marx, a Igreja de São Francisco de Assis, o antigo Cassino (atual Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (atualmente Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte), o Iate Golfe Clube (atual Iate Tênis Clube) e a Praça Dalva Simão (antiga Santa Rosa). Com o título, Pampulha passa a integrar um grupo de grandes obras da humanidade.

O processo de candidatura, que teve início em 1996, foi retomado somente em 2012. Dois anos depois, em 2014, um dossiê foi encaminhado pelo Iphan à Unesco. Depois de um processo de avaliação, foi realizada uma missão técnica in loco, indicada pelo Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS) – órgão assessor para bens culturais do Secretariado da Convenção. E, a partir da visita, foi elaborado um parecer técnico. Essa última fase foi a avaliação do Comitê que, com base no parecer e no dossiê, decidiu pelo reconhecimento do bem como Patrimônio Mundial.
 
"O reconhecimento da Pampulha como Patrimônio Mundial da Humanidade é fruto do trabalho conjunto de servidores do Ministério da Cultura, do Iphan, do Ministério das Relações Exteriores, do Governo do Estado de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte. Devemos parabenizar o empenho de todos. Pampulha Patrimônio Cultural da Humanidade: essa é uma conquista de todos os brasileiros", comemorou o ministro da Cultura, Marcelo Calero, que chefia a comitiva brasileira que foi à Turquia para acompanhar a reunião. "Agora, as três esferas de governo terão de trabalhar em parceria para a conservação, promoção e valorização do local para as gerações atuais e futuras". 
 
Durante a avaliação do dossiê de candidatura, foi ressaltada a valorização do conjunto como marco autêntico da história da arquitetura mundial e nacional, como explica a presidente do Iphan, Kátia Bogéa. "O título de Paisagem Cultural do Patrimônio Moderno implica reconhecimento internacional do Conjunto como um bem que possui três características fundamentais. Primeiro, é uma obra-prima do gênio criativo humano. Segundo, é o testemunho de um considerável intercâmbio de influências do desenvolvimento da arquitetura. E, terceiro, constitui um exemplo excepcional do conjunto arquitetônico de um período significativo da história, no caso, o movimento moderno", detalhou. O Iphan é a entidade vinculada ao Ministério da Cultura responsável pela preservação e por políticas de patrimônio nacional.
 
Para o presidente da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, Leônidas José de Oliveira, o título significa "o reconhecimento mundial dos grandes artistas, arquitetos e paisagistas que mudaram paradigmas do design, não somente para BH mas para o próprio Brasil pelas mãos de JK". "Niemeyer dizia sempre (e escreveu isso nas paredes da Casa do Baile) que Pampulha foi o início de tudo. Brasília começou aqui, dizia ele. Ganhar o título significa ainda a potencialização do turismo, da autoestima e o reforço à identidade dos habitantes com a cidade", aponta.
 
O conjunto mineiro poderá atrair investimentos e fomentar a economia regional. Em contrapartida, sob os gestores públicos pesará uma maior responsabilidade na manutenção do local, ainda que já tenham proteção por serem tombados pelo Iphan. "Na prática, o reconhecimento vai trazer os olhos do mundo inteiro para Minas Gerais. Já temos três patrimônios mundiais; teremos um outro, agora moderno. O que vai fazer com que o Estado de Minas Gerais entre no circuito internacional de turismo especializado. As pessoas podem passar mais dias aqui e criar outros roteiros, como Pampulha e Brasília, de arquitetura moderna", explica a superintendente do Iphan em Minas Gerais, Célia Corsino.
 
Além do ministro Marcelo Calero e da presidente do Iphan, kátia Bogéa, compuseram a delegação do Ministério da Cultura o diretor do Ipahn Marcelo de Brito, a superintendente do Iphan em Minas Gerais, Célia Maria Corsino; a diretora do Centro Lúcio Costa, Jurema Kopke Eis Arnaut; e ainda a presidente do Instituto do Patrimônio de Minas Gerais, Michele Arroyo;  o diretor de Patrimônio Cultural de Belo Horizonte, Carlos Henrique Bicalho; a diretora do Conjunto Moderno da Pampulha, Luciana Feres;  o secretário da Secretaria de Administração Regional Municipal Pampulha da Prefeitura de Belo Horizonte, José Geraldo de Oliveira Prado; as diretoras da Gema Arquitetura Nara Grossi Vieira de Figueiredo; e Joseana Costa Pereira e a diretora da Gustavo Penna Arquiteto e Associados,  Laura Resende Penna de Castro. Também compuseram a delegação brasileira, pelo Ministério das Relações Exteriores, a embaixadora Eliana Zugaib e a secretária Renata Fasano, da missão permanente do Brasil junto à Unesco.
 
O reconhecimento da Pampulha traz também um compromisso das três esferas de governo no sentido de valorizar, conservar e divulgar a preciosidade. 

Um dos principais cartões-postais de Minas Gerais, o Conjunto Moderno da Pampulha torna-se o 20º sítio brasileiro inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da Unesco. Na lista atual
​ 
do Patrimônio Mundial da Unesco
, estão incluídos outros 12 bens culturais e sete bens naturais brasileiros. Apenas em Minas Gerais, este passa a ser o quarto a figurar na lista, acompanhado do Centro Histórico de Ouro Preto, reconhecido em 1980; o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, na cidade de Congonhas, desde 1985; e o Centro Histórico de Diamantina, inscrito em 1999.






Deixe seu comentário




Mais notícias • Turismo



Dicas de saúde para uma viagem tranquila
26 de Setembro de 2016

Seja qual for o roteiro, o tipo de turismo ou viajante, os cuidados com a saúde são fundamentais para um passeio seguro. Converse com o seu médico e boa viagem.

saiba mais

Feira de Intercâmbio
22 de Setembro de 2016

O evento reúne universidades dos EUA em Brasília​. ​Com entrada gratuita, estudantes podem assistir palestras e pedir aconselhamento com representantes de grandes instituições de educação norte-americanas​.

saiba mais

Vai viajar ou precisa enviar dinheiro para o exterior?
16 de Agosto de 2016

A Confidence Câmbio ​acaba de lançar seu​ aplicativo gratuito​ ​que facilita ​a vida​ dos clientes​ na hora de fazer operações com moedas estrangeiras​, garantindo total segurança.

saiba mais

Lei reduz para 6% imposto sobre remessas
21 de Julho de 2016

Texto publicado pelo Diário Oficial da União será válido até dezembro de 2019. Medida vale somente para empresas cadastradas no Ministério do Turismo​.​

saiba mais

Três destinos no Sul do Brasil​
10 de Julho de 2016

A Agência de Notícias do Ministério do Turismo ​esteve na região​ Sul do Brasil​ para acompanhar o trajeto da chama olímpica e aproveitou para selecionar passeios encantadores em três destinos, e o melhor: em uma viagem só.

saiba mais

Guia Turismo e Sustentabilidade
06 de Junho de 2016

A publicação, lançada pelo Ministério do Turismo, aborda a definição de conceitos como Turismo Sustentável, além de dar dicas sobre o tema a todos os envolvidos no setor e demais interessados.

saiba mais

Ampliação do Aeroporto
08 de Janeiro de 2016

O Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubichek anuncia a primeira Cidade Aeroportuária da América do Sul. A ampliação prevê uma nova sala de embarque internacional, shopping center e 5 hotéis.

saiba mais

​Decoração de ​Natal no Pontão
16 de Novembro de 2015

O Pontão do Lago Sul inaugur​ou sua decoração de Natal​ inspirada na clássica história do dinamarquês Hans Christian Andersen, “Soldadinho de Chumbo e a Bailarina”.

saiba mais

20 anos da Sala Egípcia
13 de Outubro de 2015

Inaugurada pelo diretor-presidente da LBV, José de Paiva Netto, o espaço que reproduz o antigo Egito, no Templo da Boa Vontade, é destinado à prece e meditação.

saiba mais

26 anos Templo da Boa Vontade
28 de Setembro de 2015

Fundado por Paiva Netto, o TBV está prestes a comemorar mais um aniversário e continua a cumprir sua missão de proporcionar paz, levando o ecumenismo irrestrito aos corações de todos os peregrinos que passam pelo monumento mais visitado de Brasília.

saiba mais

Festival de Música Instrumental e arte popular de Cavalcante
20 de Agosto de 2015

A 11ª edição do festival será realizada no município da Chapada dos Veadeiros. A entrada é franca e contará com uma diversificada programação que mescla shows, apresentações circenses, exposições, feira de artesanato e gastronomia.

saiba mais

Serviço de translados do Clarion Jade
26 de Maio de 2015

​O ​hotel oferece​ aos hóspedes​ transfer para a Zona Central de Brasília, Setor Comercial Sul e Norte, Esplanada dos Ministérios e Parkshopping. Excelente para quem não conhece a cidade e deseja chegar ao destino com segurança e conforto.

saiba mais

Pontão do Lago Sul
05 de Janeiro de 2015

Inaugurado em março de 2002, atrativos não faltam ao maior centro de lazer e entretenimento da capital federal. Gastronomia variada, programação cultural e esportiva, amplo estacionamento, além do seu clima quase praiano e do belíssimo pôr-do-sol.

saiba mais
Capital Gourmet

Fotos, cardápios, localizações, promoções e sugestões para você se divertir em Brasília.


Cadastro

Ao se cadastrar você passa a receber e-mails com as melhores dicas da cidade, além de poder concorrer aos ingressos para shows, teatro, jantares e muito mais!



Promoções

Dica do dia



Festival de Inverno no Pontão do Lago Sul
De 21 de junho a 13 de agosto.
Peça um dos menus exclusivos + R$1 e receba 
um prato assinado pelos artistas Toys e OmiK.
(Pratos e menu especial disponíveis até dia 05 de julho)

QI 10 Lago Sul - 3364.4041




dicas da capital nas redes sociais



desenvolvido por: brunorios.com