Brasília em Plano Aberto

2095

Foto: Divulgação

No dia 7 março, Wol Nunnes e Maurício Witczak, curadores da mostra “Brasília em Plano Alto”, exibem no Centro Cultural Banco do Brasil três filmes brasilienses dirigidos por mulheres.  Após as exibições, acontece um bate-papo com os cineastas. Em seguida, na área externa do CCBB, tem foodbikes e o DJ do Selo Criolina, tocando trilhas do cinema nacional e internacional. A entrada é franca.

A cineasta convidada especial da sessão, Adriana Vasconcelos, exibirá seu curta-metragem “Fragmentos”, que conta a história de Sônia, uma garota de oito anos, que enfrenta o fim do casamento de seus pais, em pleno período de ditadura militar.

O segundo curta da noite “Angélica acorrentada”, de Anna Karina de Carvalho, narra a história de uma mulher aristocrática e misteriosa que recebe um casarão de herança em uma idílica cidade. O terceiro curta da noite “Não é pressa, é saudade”, de Camila Shinoda é uma mistura de Documentário e ficção, que conta a história de um encontro real de um brasiliense com uma Pernambucana.

O curta que encerra a sessão, “Requília”, de Renata Diniz, narra os dias um garotinho de 7 anos que pega o ônibus para a escola com a sua babá. Em uma manhã encontra na parada alguém diferente das outras pessoas.

Dica:
Mostra de Curtas: “Brasília em Plano Aberto”
Tema: Mulher
Dia 7 de março , às 19h30
Local: Centro Cultural Banco do Brasil ( SCES Trecho 2 )
Entrada franca. Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do início da sessão, somente na bilheteria do CCBB.
Classificação indicativa: 16 anos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here