Gal Costa traz com nova turnê para Brasília

671

Por Felipe Oliveira
Foto: Divulgação

A cantora Gal Costa e sua banda desembarcam em Brasília para apresentação única do show “A Pele do Futuro”, em 6 de julho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Em turnê nacional, o show tem sido considerado pela crítica e fãs como uma das performances de maior sucesso de sua carreira. A formação da plateia também chama atenção, além da participação de fiéis seguidores da artista, a presença de um público cada vez mais jovem, demonstra a capacidade da artista em se manter atual.

Desde 2011, quando encantou com o projeto “Recanto”, Gal Costa vem mesclando o repertório de grandes sucessos com interpretações contemporâneas, mantendo-a sempre como referência da moderna música brasileira. Como diz Marcus Preto, diretor do disco e do show “A Pele do Futuro”, no projeto de agora “se fazem presentes e atuantes as ‘Gal Costas’ de todos os tempos: fatais, legais, índias, tropicais, profanas, plurais, estratosféricas. De ontem e de além”.

No generoso roteiro, que passa ao largo da previsibilidade, das 20 músicas tocadas, seis pertencem ao novo disco, enquanto as restantes deram conta de sintetizar os 53 anos de carreira da cantora. Com a inquietude que lhe é peculiar, Gal leva ao palco um feixe de canções que proporciona um diálogo entre os compositores da nova geração com alguns nomes da sua própria tribo. E mais plural que todas elas, Gal coloca a sua voz a serviço de temas assinados por Caetano Veloso, Gilberto Gil, Silva, Dani Black, Djavan, Nando Reis, Jorge Mautner, Marilia Mendonça, Roberto e Erasmo Carlos, Dorival Caymmi, Moraes Moreira, Lupicínio Rodrigues, Ronaldo Bastos e César Lacerda, entre outros.

Dica:
Gal Costa – “A Pele do Futuro”
Dia 06 de julho, sábado, às 21h30
Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Ingresso (valores referentes à meia-entrada):
Superior Popular – R$ 75
Especial Popular – R$ 75
Especial – R$ 80 
VIP – R$ 100
Gold – R$ 110
Premium – R$ 125
Pontos de venda: www.ingressorapido.com
Classificação indicativa: 16 anos