Menu do Bomba Junk traz sanduíches especiais

552

Foto: Divulgação

Recém-inaugurado na comercial da 307 Norte, o Bomba Junk chegou com uma proposta de oferecer sanduíches especiais com preços acessíveis. No comando da casa, os experientes chefs Júlia Almeida e Matheus Brito, que trazem na bagagem passagem por renomados restaurantes pelo mundo.

O ambiente é acolhedor sustentável com bancos e mesas feitos com paletes, a experiência é intimista e tudo foi pensando pelos sócios, amigos e familiares. “Queríamos um lugar que fosse a nossa cara, montamos e planejamos tudo do nada, com espirito empreendedor aliado a nossa paixão por gastronomia, para oferecer comida boa, bom atendimento e preço atrativo para o público da cidade”, contam os chefs.

No cardápio, além das variadas opções fixas, uma especial a cada semana. Todos possuem a opção de combo que acompanha batata frita de 100 gramas e refrigerante com 310 ml. Os pães possuem fermentação natural, livre de conservantes. Os mais pedidos são, o Maguin com pão de hambúrguer com gergelim, smash burguer, queijo muçarela, alface americana, tomate verde, maionese clássica ovo e bacon. O combo,custa R$ 21 e somente o sanduiche R$ 17.

O Infarto, composto por pão de dog australiano tostado de ladinho, linguiça defumada, chilli, batata frita,creme de cheddar, farofa de bacon e creme azedo. O combo sai por R$ 19 e o sanduiche por R$ 15.

O Mango Ribs com pão de leite, costela bovina desfiada no molho, queijo, vinagrete de manga e cebola roxa. O combo custa RS 21 e somente o sanduíche sai por R$ 17. Os combos de R$ 17 são o dog de salsicha com molho de tomate, queijo, milho, ervilha, purê de batata e batata palha e também o Vegg junk com pão de gergelim, berinjela á milanesa, queijo muçarela, aioli, picles de pepino, tomate verde e alface americano.

No menu de sobremesas, pudim de leite com calda de caramelo, a R$6 a fatia, e também há uma opção semanal diferente.

Julia Almeida é formada em gastronomia pelo IESB, trabalhou com grandes nomes do segmento, como Alex Atala no Açougue Central, Helena Rizzo e  Daniel Redondo no Maní e Manioca, Jefferson Rueda no Attimo e Carla Pernambuco no Carlota e com passagem pela cozinha do hotel escola Senac em Águas de São Pedro no interior paulista.

Matheus Brito é graduado em gastronomia pela Universidade Potiguar. Além da experiência em alguns restaurantes no Rio Grande do Norte, também passou pela cozinha do hotel escola Senac em Águas de São Pedro e da equipe do Astrid y Gastón um dos 50 melhores restaurantes do mundo e  também do Osso eleito o melhor restaurante açougue das Américas. Também estão à frente da Jaracá, consultoria em serviço de alimentação e personal chef.

Dica:
Bomba Junk
CLN 307 Bloco A loja 10
Horário de funcionamento: De terça a quinta-feira, das 18h às 23h; Sexta e sábado, das 18h às 0h; Domingos, das 18h às 22h